Capes PrInt (Ciência Política)

Política externa, regionalismo e cooperação internacional

Introdução

O Programa de Pós-Graduação em Ciência Política (PPGCP) do IESP-UERJ conta com docentes-pesquisadores atuantes no campo das Relações Internacionais e da Análise de Política Externa reconhecidos nacional e internacionalmente. Tal condição permitiu que fossem estabelecidas diversas parcerias internacionais com universidades e centros de pesquisa, ampliando o intercâmbio de conhecimento na área, a visibilidade da instituição e a internacionalização de sua produção acadêmica. Estes mesmos docentes já orientaram, com êxito, diversas teses e dissertações e, atualmente, orientam cerca de 20 estudantes do PPGCP que, além de desenvolverem suas pesquisas no âmbito deste projeto, atuam em inúmeras atividades dos laboratórios de pesquisa vinculados a esta iniciativa (LABMUNDO, NEAAPE e OPSA).

As profundas transformações do sistema internacional desde o final da década de 1980 vêm alterando significativamente a posição dos países no sistema internacional, em especial a das potências regionais, a exemplo de Brasil, África do Sul, Argentina, Índia, México, Turquia, entre outras. Para estas, são grandes as oportunidades, mas também os desafios internacionais para a gestação e consolidação de um projeto de desenvolvimento, combinando autonomia externa, crescimento econômico, inclusão social, redução das desigualdades e promoção da democracia. Nesse contexto, este projeto busca ampliar e consolidar a cooperação acadêmica internacional já estabelecida com parceiros de distintas universidades, formando uma rede de pesquisa em torno de três dimensões da inserção internacional do Brasil e em perspectiva comparada com outras potências regionais: política externa, processos de regionalismo e cooperação internacional.

Estudar comparativamente a política externa pressupõe vincular necessidades e demandas internas às oportunidades e desafios externos. É preciso avaliar as capacidades diplomáticas do país para a projeção de seus interesses políticos e econômicos, as instituições domésticas envolvidas, bem como as coalizões de apoio e veto na sociedade. Tal investigação demanda um foco comparativo com outros países emergentes que também experimentam novos desafios e potencial de alavancagem em suas respectivas políticas externas. Na temática do regionalismo, os desafios são ainda maiores em vista dos interesses de países vizinhos e de potências externas, o peso específico de cada Estado e o histórico de construção institucional em cada região. Quanto à cooperação internacional para o desenvolvimento, sobretudo na sua vertente sul-sul, comparar as trajetórias e as estratégias permite entender como esta ferramenta é utilizada na política externa de potências regionais e emergentes. Nos três eixos do projeto, é fundamental ampliar e consolidar parcerias internacionais para intercâmbio e capacitação de docentes e discentes, mas igualmente para a condução de pesquisas empíricas e comparativas.

Objetivos

Objetivo 1

Capacitar discentes, jovens doutores e docentes no exterior: a internacionalização é parte essencial da formação de discentes, jovens doutores e docentes vinculados a este projeto do PPGCP, por meio de cursos e missões de curta duração, programas de doutorado-sanduíche e pós-doutorado. As atividades de formação de curta e longa duração são um passo importante no desenvolvimento e na expansão de redes de pesquisa e de diplomas binacionais ou multinacionais em nível de mestrado e de doutorado (por exemplo, por meio de cotutelas).

Objetivo 2

Consolidar e ampliar redes de pesquisa e bases de dados de natureza comparativa e internacional: mapear e monitorar continuamente editais internacionais a fim de desenvolver projetos de pesquisa e de formação em parceria com universidades estrangeiras é uma estratégia fundamental para a internacionalização do PPGCP. Graças a redes internacionais, pesquisadores nacionais lograrão construir relações de confiança que ensejam orientações compartilhadas de teses de doutorado, cotutelas, convites para participação de programas internacionais de formação superior, o desenvolvimento de metodologias internacionais e comparativas, a construção de bases de dados internacionais, bem como publicações conjuntas em livros e em periódicos de impacto referenciados no QUALIS-CAPES. Nesse sentido, serão formulados projetos para submissão a editais internacionais, e também serão organizados seminários e palestras internacionais na cidade do Rio de Janeiro. Ademais, professores de universidades estrangeiras serão integrados em atividades de docência no PPGCP, do mesmo modo que jovens doutores e docentes vinculados ao PPGCP do IESP-UERJ participarão de programas de formação em universidades estrangeiras.

Objetivo 3

Ampliar o impacto das publicações internacionais: os docentes envolvidos neste projeto têm ampla experiência de publicação em periódicos internacionais. Durante a implementação deste projeto, serão ampliadas as capacidades de publicação em editoras internacionais (livros) e em periódicos de alto impacto de acordo com as bases QUALIS-CAPES, Web of Sciences e Scopus. Entre as estratégias de publicação internacional, serão privilegiadas as parcerias envolvendo docentes e doutorandos do PPGCP, docentes do IESP e de universidades estrangeiras, bem como parcerias entre jovens doutores e doutorandos nacionais e estrangeiros. Serão mapeados os principais periódicos de alto impacto na área de relações internacionais e serão propostos números especiais envolvendo parcerias com docentes e discentes nacionais e estrangeiros. A perspectiva comparativa mencionada no objetivo anterior será privilegiada no desenvolvimento de manuscritos destinados a periódicos de alto impacto.

Equipe

Coordenação

Fernando Henrique Eduardo Guarnieri
Doutor em Ciência Política (USP-2009)
Celina Maria de Souza
Doutora em Ciência Política (London School of Economics-1995)

Coordenação Executiva

Leticia de Abreu Pinheiro
Doutora em Relações Internacionais (London School of Economics and Political Science-1995)
Carlos Roberto Sanchez Milani
Doutor em Estudos do Desenvolvimento (Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales-1997)

Docentes

Maria Regina Soares de Lima
Doutora em Ciência Política (Vanderbilt University-1986)
Fabiano Guilherme Mendes Santos
Doutor em Ciência Política (IUPERJ-1994)

Instituições parceiras

University of Stellenbosch (África do Sul)
University of Pretoria (África do Sul)
German Institute of Global and Area Studies (Alemanha)
Universidad Nacional de Rosario (Argentina)
Universidad Nacional de Quilmes (Argentina)
Chinese Academy of Social Sciences (China)
University of Beijing (China)
Universidad de Los Andes (Colômbia)
University of California – Berkeley (EUA)
University of California – San Diego (EUA)
Naval War College (EUA)
Rutgers University (EUA)
Instituto de Estudos Políticos de Paris (França)
Instituto de Estudos Políticos de Bordeaux (França)
Università di Bologna (Itália)
El Colegio de México (México)
University of Oslo (Noruega)
Cambridge University (Reino Unido)
University of Sussex (Reino Unido)

Estão sendo contactadas para parcerias futuras:
Instituto de Estudos Políticos de Strasbourg (França)
University of Leiden (Holanda)

Professores estrangeiros

Alguns professores participarão de atividades docentes e de seminários no Brasil, outros serão parceiros em publicações e seminários no exterior. Os principais nomes associados a este projeto são, entre outros: Janis Van Der Westhuizen, University of Stellenbosch (África do Sul); Maxi Schoeman, University of Pretoria (África do Sul); Monica Hirst, Universidad Nacional de Quilmes (Argentina); Bertand Badie, Instituto de Estudos Políticos de Paris (França); Guillaume Devin, Instituto de Estudos Políticos de Paris (França); Harley Shaiken, Center for Latin American Studies, UC-Berkeley (EUA); Scott Desposato, UC-San Diego (EUA) e Helen Sjursen, University of Oslo (Noruega).

Editais

Bolsas de doutorado-sanduíche e de pós-doutorado sênior no exterior 2020 – Edital

Bolsas de capacitação no exterior 2020 – Edital

Bolsas de doutorado-sanduíche no exterior 2019 – Edital | Resultado

  • Hugo Bras Martins da Costa – Projeto: As operações de manutenção da paz das Nações Unidas e as políticas externas de África do Sul, Brasil e Índia: uma análise comparativa – Institut d’Études Politiques de Paris (Sciences Po Paris) – 12 meses, 01/09/2019 – 31/08/2020
  • Leonildes Nazar Chaves – Projeto: International Cooperation and Climate Governance in Brazil: analysis of trajectories, interests and conflicts (1992 – 2015) – University of California, Berkeley – 12 meses, 01/09/2019 – 31/08/2020
  • Emmanuel Caldas – Projeto: A influência e o impacto da política externa sobre drogas dos Estados Unidos: o caso brasileiro contraposto ao mexicano e colombiano – El Colegio de México. Centro de Estudios Internacionales – 6 meses. de janeiro de 2020 a junho de 2020.
  • Murilo Gomes da Costa – Projeto: Atlântico Sul na dinâmica das Relações Brasil-África do Sul: Uma análise a partir da interação com seus Entornos Estratégicos – University of Pretoria – 6 meses de fevereiro de 2020 a agosto de 2021
  • Pedro Mendes – Projeto: Welfare state in late capitalism: a comparison between Latin America and East Asia – University of California, San Diego – 6 meses, de fevereiro a agosto de 2020
  • Diogo Ives de Quadros – Projeto: As visões das elites brasileiras sobre a China e o Brasil no pós-Guerra Fria (1989-2018) – Institut d’Études Politiques de Paris (Sciences Po Paris) – 6 meses, de fevereiro a agosto de 2020.
  • Juliana Pinto Lemos – Projeto: Caminhos Paralelos: política externa de direitos humanos na América do Sul do século XXI – 6 meses, de fevereiro a agosto de 2020

Resultados

Aqui serão apresentados os principais resultados em termos de seminários, publicações e pesquisas realizadas:

Eventos online

Durante os meses de maio a setembro de 2020, foram organizados eventos online sobre como a pandemia da Covid-19 impacta nos três eixos do projeto: política externa, regionalismo e cooperação internacional.

OUTUBRO:
Projeto Política Externa, Regionalismo e Cooperação Internacional
SETEMBRO:
Passado, Presente e Futuro da Política Externa – Entrevista com Celso Lafer

“Política Externa Altiva e Ativa’ – Entrevista ao vivo com Celso Amorim
AGOSTO:
Entrevista com Andrea Hoffman (IRI-Puc Rio) sobre as relações entre América do Sul e Europa
Entrevista com Madalena Resende (Universidade Nova de Lisboa) sobre a resposta da União Européia à pandemia
Vídeo-aula sobre África, COVID-19 e Direitos Humanos com Alexandre dos Santos (IRI/PUC-Rio)

JULHO:
Entrevista com Ana Toni (Instituto Clima e Sociedade)
Vídeo-debate: “Geopolítica asiática em tempos de pandemia” com Erik Ribeiro (UFRGS) e Letícia Simões (UniLaSalle)
Entrevista com Francis Gavin – Johns Hopkins University e diretor do Henry A. Kissinger of Global Affairs
Entrevista com Heriberto Cairo – Universidad Complutense de Madrid e editor da revista Geopolítica(s)
Coletânea de Links: Geopolítica e Covid

Cartografia Temática: Geopolítica e Covid – comércio de insumos médicos

JUNHO:

Artigo “Globalização da Saúde Pública: a Organização Mundial da Saúde e a cooperação na América do Sul” + links de interesse

Cartografia Temática sobre América do Sul e pandemia: As imagens foram elaboradas pelo Ateliê de Cartografia do LABMUNDO a partir da pesquisa e coleta de dados da equipe do projeto “Política Externa, Regionalismo e Cooperação Internacional num cenário de pandemia” e mostram índices que vão, de 0 a 5, de políticas de isolamento social e políticas de complementação de renda nos países da América do Sul.

Entrevista com Paulo Velasco (PPGRI-UERJ/FGV)
Webinar “Ordem global e desafios para o multilateralismo” com Rubens Ricupero e Guilherme Casarões
Entrevista com o Dr. Dirceu Greco (SBB) sobre o histórico da participação brasileira em organizações internacionais de saúde, sobretudo a OMS, e sobre o contexto nacional e internacional da epidemia de Covid-19
MAIO:

Vídeo-aula com Marcos Cueto (PPGHCS/COC/Fiocruz) sobre a atuação do Brasil na Organização Mundial da ou de Saúde (OMS),
em tempos de pandemia da COVID-19.

Entrevista com a Renata Reis sobre o tema da Saúde Global e a atuação do Médicos Sem Fronteiras
em tempos de pandemia da COVID-19.

Entrevista com a presidente da Fiocruz, Nísia Trindade, sobre o tema da Saúde Global e o papel da Fiocruz,
em tempos de pandemia da COVID-19.

Entrevista com Bertrand Badie

Leituras complementares

Artigos:

  • ALBUQUERQUE RIBEIRO, Renata & MILANI, Carlos R. S. L’élection de Bolsonaro, la politique étrangère brésilienne en 2019 et l’avenir de la coopération Sud-Sud, IDEAS, vol. 1, 2019, pp. 1-7.
  • BRAGA, Pablo de Rezende Saturnino & MILANI, Carlos R. S. Direitos humanos e política externa no Brasil e na África do Sul: o mito da democracia racial, o apartheid e as narrativas da redemocratização, Revista Brasileira De Ciência Política, v. 5, 2019, pp. 7-44.
  • MILANI, Carlos R. S. & NERY, Tiago. The sketch of Brazil?s grand strategy under the Workers? Party (2003-2016): Domestic and international constraints, South African Journal of International Affairs, v. 26, 3019, pp. 73-92.
  • MILANI, Carlos R. S. Covid-19 between Global Human Security and Ramping Authoritarian Nationalisms. Geopolítica(s) Revista de estudios sobre espacio y poder, v. 11, n. Especial, p. 141-151, 11 may 2020.
  • MILANI, Carlos R. S. & KLEIN, Magno. South-South cooperation and foreign policy: Challenges and dilemmas in the perception of Brazilian diplomats. International Relations, first online on 26 May 2020.
  • MILANI, Carlos R. S. Revitalizing Global Partnerships for Sustainable Development: Challenges in the Implementation of SDG 17 through South-south and Trilateral Cooperation in Brazil, China, India, Mexico, South Africa and Turkey. Mexico City: GIZ & AMEXCID, 2019.
  • PINHEIRO. Leticia. Gênero, Migrações e Partidos Políticos no universo da Política Externa – Editorial. Boletim NEAAPE, v. 2, 2018, pp. 4-5.
  • PINHEIRO, Leticia & LIMA, M. R. S. Between Autonomy and Dependency: the Place of Agency in Brazilian Foreign Policy, Brazilian Political Science Review, v. 12, 2018, pp. 1-22.
  • PINHEIRO, Leticia. Excepcional ou Imprevisto?- Editorial. Boletim NEAAPE, v. 2, 2018, pp. 4-5.
  • PINHEIRO, Leticia. Mas o senhor já combinou tudo isso com os russos?. Boletim NEAAPE, v. 2, 2018, pp. 4-5.
  • PINTO, Juliana.  “Post-Fascism and Human Rights in Brazil: Domestic and Foreign Policy Dimensions“, in  Global-e, Global Studies Department, University of California, Santa Barbara. https://www.21global.ucsb.edu/global-e/july-2020/post-fascism-and-human-rights-brazil-domestic-and-foreign-policy-dimensions
  • SANTOS, Fabiano; ALMEIDA, A. S. & SILVA, T. M. . Capital Mobility, Veto Players, and Redistribution in Latin America During the Left Turn, Brazilian Political Science Review, v. 13, 2019, pp. 1-31.
  • SOARES de LIMA, M. Regina. A atualidade do pensamento de Hans Morgenthau, Relações Internacionais, Lisboa, no. 58,  2018, pp. 27-40.
  • SOARES de Lima, M. Regina & ALBUQUERQUE, Marianna. O estilo Bolsonaro de governar e a política externa, Boletim OPSA, no.1, jan-mar, 2019, pp. 15-21.
  • SOARES de Lima, M. Regina & PINHEIRO, Leticia . As eleições presidenciais na América Latina, o que se pode esperar? Editorial. BOLETIM OPSA, v. 12, 2018, pp. 4-5.
  • WESTHUIZEN, Janis van der & MILANI Carlos R. S. Development cooperation, the international–domestic nexus and the graduation dilemma: comparing South Africa and Brazil, Cambridge Review of International Affairs, vol. 32, n.1, 2019, pp. 22-42.

Livros e capítulos de livros:

  • MILANI, Carlos R. S. Solidariedade e Interesse: motivações e estratégias na cooperação internacional para o desenvolvimento. Curitiba: Appris, 2018, 350 páginas.
  • MILANI, Carlos R. S. & NERY, Tiago. Brazil. In: Thierry Balzacq; Peter Dombrowski; Simon Reich. (Org.). Comparative Grand Strategy: a framework and cases. Oxford (UK): Oxford University Press, 2019, pp. 149-170.
  • PINHEIRO, Leticia; AVELHAN, L. & GOMES, T. Constituição Cidadã e Participação Social – a política externa brasileira em debate no CONSEA e no CNS. In: Cristina Buarque de Holanda, Luciana Fernandes Veiga, Oswaldo E. do Amaral (Orgs.). A Constituição de 88 trinta anos depois. Curitiba: Ed UFPR, 2018, pp. 157-179.
  • PINHEIRO, Leticia & FRISONI, M. C. Ensinando Relações Internacionais com Arte, Literatura e Cultura Popular: acertos, lapsos e desafios. In: Cristina Yumie Aoki Inoue & Marcelo M.Valença (Orgs.). Relações Internacionais na sala de aula: ensino e aprendizado ativo e outras estórias. Campina Grande: EDUEPB, 2018, pp. 207-240.
  • SOARES de LIMA, M. Regina. A agência da política externa brasileira: uma análise preliminar. In: Walter Desiderá Neto et al. (orgs.). Política Externa Brasileira em Debate. Brasília: FUNAG/IPEA, 2018, pp. 39-53.

Vídeos:

Southern Regional Powers in a Global Changing Order 2019: Prof Fidel Flores (09/09/2019)
Souther Regional Powers in a Global Changing Order 2019: Ana Covarrubias (10/09/2019)
Southern Regional Powers in a Changing Global Order 2019: Monica Hirst (10/09/2019)
Prof Maxi Schoeman – Southern Regional Powers in a Global Changing Order
Southern Regional Powers in a Global Changing Order 2019: Mustafa Kutlay (10/09/2019)
Southern Regional Powers in a Changing Global Order 2019: Ana Saggioro (09/09/2019)
CAPES PrInt Ciência Política 2019 – Política Externa, Regionalismo e Cooperação internacional
Capes PrInt 2019: Entrevista com Prof. Mustafa Kutlay
Capes PrInt CP 2019: Entrevista com Prof. Maxi Schoeman
Capes PrInt CP 2019: Entrevista com Prof. Fidel Flores
Capes PrInt CP 2019: Entrevista com Prof. Monica Hirst
Capes PrInt CP 2019: Entrevista com Prof. Ana Covarrubias

Notícias

Aqui serão apresentados os vídeos de seminários e entrevistas, as principais notícias e os resultados em termos de conferências, publicações e pesquisas realizadas no âmbito deste projeto.


8 de Setembro de 2020
Leonildes Nazar publicou nota no blog do Center for Latin American Studies (CLAS) da Universidade da Califórnia em Berkeley, como um dos resultados de sua bolsa-sanduíche


8 de Setembro de 2020
Pesquisador retorna do doutorado sanduíche na Universidade de Pretória, África do Sul


19 de agosto de 2020
Pesquisadora retorna de seu estagio no Departamento de Global Studies da Universidade da California, Santa Bárbara (UCSB)


13 de agosto de 2020
PESQUISADOR RETORNA DE SEU ESTÁGIO DOUTORAL NO Center for Iberian and Latin American Studies (CILAS) / UNIVERSIDADE DE SAN DIEGO, CALIFÓRNIA


12 de agosto de 2020
PESQUISADOR RETORNA DE SEU ESTÁGIO NO CENTRO DE ESTUDIOS INTERNACIONALES DEL COLEGIO DE MEXICO


6 de fevereiro de 2020
Conferência no Centro de Estudos e Relações Internacionais, Sciences Po


3 de fevereiro de 2020
Palestra na Universidade Clermont-Auvergne


20 de janeiro de 2020
Coordenador do LABMUNDO é professor visitante no Instituto de Estudos Políticos da Universidade de Strasbourg


5 de janeiro de 2020
MISSÃO CHINA


15 de dezembro de 2019
PESQUISADOR COM DUPLO DOUTORAMENTO IESP-SCIENCES PO PARIS


21 de outubro de 2019
PESQUISADORA INICIA DOUTORADO-SANDUÍCHE NA UC-BERKELEY


3 e 4 de setembro de 2019
PALESTRAS DO PROJETO “POLÍTICA EXTERNA, REGIONALISMO E COOPERAÇÃO INTERNACIONAL”


16 de agosto de 2019
Evento: Potências Regionais do Sul e Ordem Mundial em Transformação


29 de julho de 2019
PESQUISADORES DO PROJETO NO 7º ENCONTRO DA ABRI


22 de maio de 2019
PESQUISADOR DO PROJETO PARTICIPA DE SEMINÁRIO INTERNACIONAL “THE MANY BIRTHS OF INTERNATIONAL RELATIONS” NA UNIVERSIDADE DE LEIDEN, PAÍSES BAIXOS


10 de maio de 2019
[PALESTRA] “MÉXICO, POLÍTICA EXTERNA E INTEGRAÇÃO REGIONAL”