«A ESPERANÇA VEM EM COTAS», matéria com Luiz Augusto Campos

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Luiz Augusto Campos, professor do IESP e coordenador do Grupo de Estudos Multidisciplinares da Ação Afirmativa (GEMAA) colaborou com a matéria especial sobre os 17 anos de ações afirmativas nas universidades brasileiras de Janaína Garcia, para a série Ciclo de Educação, do Ecoa-UOL. Convidando pesquisadores e especialistas sobre o assunto, o texto procurar mapear o estado atual da implementação de políticas de cotas em algumas das maiores instituições de ensino do país, recordar a sua história e demonstrar como essas ações impactaram as perspectivas dos primeiros cotistas.

 

«Ainda temos desafios; o valor da bolsa de permanência está longe do ideal; nem todos os alunos possuem restaurantes universitários em seus campi. E agora, com a pandemia, tivemos de enfrentar problemas sérios em relação a isso, com o início do processo de compra de tablets e chips a esses alunos. (…) O principal gargalo, sem dúvida, é haver mais política de investimentos e de permanência a esses estudantes. (…) De modo geral, no entanto, é possível afirmar que se trata de uma política de sucesso, já que aumentou a diversidade, e os dados indicam que a diferença de nota é mínima entre cotistas e não cotistas.»

 

Leia a matéria completa na página do UOL.

Comments are closed.