Professora Nísia Trindade Lima Recebe Mais Alta Comenda do Governo Francês

Na tarde do dia 1/9/2021, a professora Nísia Trindade Lima, atual Presidente da Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), foi laureada com a Légion d’Honneur (Legião de Honra), a mais alta comenda do Estado Francês, criada em 1802 por Napoleão Bonaparte. A honraria foi concedida devido ao seu protagonismo no combate à pandemia da COVID-19. Falaram no evento o Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, o representante do Ministro das Relações Exteriores, Maurício Bernardes, a Embaixadora da França no Brasil, Brigitte Collet, e a própria homenageada.

Nísia liderou a imensa encomenda tecnológica para a produção brasileira da vacina Oxford-AstraZeneca, além de muitas iniciativas ligadas ao enfrentamento da atual pandemia: pesquisa, divulgação científica, testagem, vacinação. Primeira mulher a presidir a FIOCRUZ, muitas são as conquistas de sua gestão, dentre as quais fazemos questão de citar o programa “Mulheres e Meninas na Ciência”.

A Embaixadora Brigitte Collet, ao conceder a comenda em nome do Presidente Francês, fez questão de destacar que “a França comunga com Nísia o valor da saúde universal, construída com políticas públicas orientadas por rigorosa pesquisa científica”.

Nosso Instituto se sente profundamente representado pela liderança de Nísia na defesa da ciência e da saúde, bem como muito orgulhoso de seus feitos, que se fizeram apesar de uma hierarquia governamental obscurantista e negacionista.
O IESP-UERJ se fez representar na cerimônia, e foi lembrado no discurso de agradecimento: “Destaco aqui a presença do IESP-UERJ, Casa onde fiz meu doutorado e hoje colaboro no Programa de Pós-Graduação em Sociologia”.

Comments are closed.