Estado de Minas entrevista Pedro Villas Bôas Castelo Branco

Na véspera do último 7 de setembro, o prof. do IESP-UERJ Pedro Villas Bôas Castelo Branco, coordenador do Laboratório de Estudos Políticos de Defesa e Segurança Pública (LEPDESP), concedeu entrevista ao jornal Estado de Minas, na qual analisa o risco de ruptura institucional no Brasil:

Temos um mandatário que ameaça constantemente o Parlamento, o Judiciário. Tornaram-se frequentes as ameaças de ruptura institucional, de golpe, que nunca estiveram tão presentes nas redes sociais e nos meios de comunicação. Hoje se faz guerra híbrida, que manipula as emoções de segmentos da sociedade e leva à insurgência contra a Câmara ou o STF. Tudo com base em desinformação e manipulação. E, claro, a mudança também tem a ver com o avanço das novas ferramentas digitais que permitem a ideia de uma relação sem mediação entre o líder político e seus seguidores.

 

Leia a íntegra da matéria na página do Estado de Minas.

Comments are closed.